1 de outubro, quinta-feira

Outubro Rosa: Previna-se contra o câncer de mama.

2020.10.01

O câncer de mama pode ser curado. Quanto mais cedo ele for detectado, mais fácil será curá-lo. Se no momento do diagnóstico a lesão estiver no estágio inicial, as chances de cura chegam a 95%.

Um caroço no seio ou na axila, uma alteração na pele da mama, vermelhidão ou descamação do mamilo, microcalcificações que aparecem no exame de rotina, secreção no mamilo ou mesmo dor no mamilo, são sinais de alerta aos quais você deve prestar muita atenção.

No autoexame em casa ou nos seus exames de rotina, caso seja observado algum desses indícios, é preciso consultar um médico imediatamente: não necessariamente esses sintomas significam um câncer, mas é preciso checar.

 

O que é o câncer de mama?

O câncer de mama é um crescimento descontrolado de células, que adquirem características anormais, causadas por uma ou mais mutações no seu material genético. A doença ocorre quase que exclusivamente em mulheres, mas os homens também podem ter câncer de mama.

 

Qual seus sinais mais comuns?

Os sinais e os sintomas do câncer podem variar, e muitas mulheres podem não apresentar nenhum deles. Mesmo assim, é importante reconhecer mudanças na mama, seja na cor, na espessura ou no tamanho. A identificação de quaisquer desses sinais ou sintomas pode ser um sinal de alerta que o médico deverá avaliar:

– Inchaço em parte da mama;
– Irritação da pele ou aparecimento de irregularidades, como covinhas ou franzidos, ou que fazem a pele se assemelhar à casca de uma laranja;
– Dor no mamilo;
– inversão do mamilo (para dentro);
– Vermelhidão ou descamação do mamilo ou pele da mama;
– Saída de secreção (que não leite) pelo mamilo;
– Caroço nas axilas;

 

Cuide da sua saúde!

Hábitos simples podem ajudar a evitar o câncer de mama: manter uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos, controlar o peso, evitar o estresse, o tabagismo e o consumo exagerado de álcool. A obesidade, aliás, é um fator de risco importante para o surgimento da doença.

 

Comentários